Notícias

Isolamentos e coberturas para as Paredes e Janelas - eficiência

2019-11-14

isolamentos e casas eficientes

Durante as próximas semanas acompanhe as nossas noticias sobre soluções para
tornar a sua casa mais eficiente.. 


Isolamento de paredes


A Maioria dos edifícios em Portugal não possuem isolamento térmico. Não é só o
isolamento térmico dos tetos ou o isolamento térmico proporcionado por janelas e

portas exteriores altamente eficientes que é crucial em termos de conforto e de
baixas faturas 
de gás e electricidade. Há que ter em conta que as paredes externas
correspondem, de longe, 
às maiores superfícies dos edifícios, o que contribui em
termos de ganhos e perdas 
indesejados de calor, por esse facto o isolamento das
paredes externas dos nossos edifícios é 
fundamental. Embora a transmissão de
calor através dos materiais das paredes seja bastante 
menor do que a nível das
janelas ou dos tetos e coberturas, há que não menosprezar essa 
transmissão
(para dentro ou para fora da casa);


Se a sua casa é anterior a 1990 e nunca foi reabilitada, então é possível que não
tenha 
isolamento.


isolamento de parede arquitetura

O baixo nível de isolamento térmico das paredes dos edifícios acaba por ser uma causa
importante de emissão de milhões de toneladas de CO2 e 
de gases de estufa, a nível
mundial. E a razão é óbvia: um mau 
isolamento das paredes obriga a altos consumos
de gás e electricidade a 
nível da climatização dos nossos edifícios.

Paredes eficientes

- Conservam o calor no interior da sua casa e melhoram o conforto.
- Contribuem para a redução das necessidades e custos de energia associados ao aquecimento
e arrefecimento da sua casa.

Principais benefícios das paredes eficientes

- Melhoria do conforto térmico
- Minimização de patologias e melhoria da salubridade no interior da habitação
- Redução do valor da fatura de energia
- Maior isolamento acústico

Advertências

- Consulte um arquitecto ou perito qualificado.
- Se a sua casa tem Certificado Energético, analise as soluções propostas pelo perito;
- Solicite informação técnica das soluções que estiver a considerar para que possa verificar se os materiais
se adequam às suas exigências e se possuem marcação CE.


Isolamento de Coberturas

O principal objetivo dos nossos telhados é manter a água fora dos nossos edifícios. Mas os telhados e os sótãos
devem também garantir que não hajam ganhos de calor em tempo quente, ou que os sótãos não sejam fonte de
perdas de calor, em climas como o português ou o do sul do Brasil, nos períodos mais frios do ano.

O isolamento térmico a nível das coberturas e sótãos é fundamental para o nosso conforto, e para reduzir gastos
em ar condicionado e em aquecimento. Mas o sombreamento dos telhados – no caso de moradias e edifícios que
possam beneficiar da sombra de árvores – é também muito importante, bem como o isolamento das coberturas
inclinadas dos telhados (em sótãos que estão a ser aproveitados).

Podem também ser utilizadas algumas telas e materiais refletivos, por debaixo da cobertura do telhado, embora a
eficácia destes produtos seja muito relativa.

Coberturas com reflectividade

A refletividade dos telhados é uma questão importante, e está muito associado ao tipo de coberturas e à sua cor.
Cores brancas e claras são fundamentais, apesar de alguns pigmentos 
incorporados nalguns materiais poderem em
parte superar a questão da cor.


Membranas Para Coberturas Planas

Membranas plásticas e membranas emborrachadas, tipo EPDM, são boas opções para 
telhados planos, nomeadamente
membranas brancas, com altos níveis de refletividade.


Coberturas Sustentáveis

Os telhados cerâmicos tradicionais são relativamente amigos do ambiente, nomeadamente os 
de telha de tons claros ou
brancos. Eles podem atingir níveis de refletividade da ordem dos 
70%. Há de qualquer modo outras opções, incluindo
telhas fotovoltaicas.


Coberturas Verdes

A ideia é sedutora, mas difícil de implementar em edifícios comuns: instalar camadas vegetais 
nas coberturas planas ou de
baixa inclinação dos nossos edifícios, de modo a proteger 
termicamente os pisos superiores dos prédios ou moradias e a evitar
o efeito ilha de calor, nos 
centros urbanos.

Tipos de coberturas Construídas em Portugal

tipos cobertura na arquitetura e engenharia

As coberturas são fundamentais para o conforto de uma habitação e responsáveis por ganhos e predas de calor. Em média, as
coberturas representam 30% das perdas de calor numa casa.

Principais soluções

Coberturas eficientes

- Permitem conservar a temperatura interior da sua habitação melhorando o conforto 
da mesma.
- Minimizam a necessidade de aquecimento e de arrefecimento dos espaços

Advertências

- Tente sempre que possível aproveitar ou recuperar a estrutura existente.
- Se necessitar reparar a estrutura , assegure-se que as paredes mestras ou vigas e pilares, nas quais se apoia a estrutura
da cobertura, estão verdadeiramente em condições de 
receberem a solução construtiva preconizada.
- A correta drenagem da água pluvial, deve ser cuidadosamente efectuada para evitar infiltrações e patologias futuras
- Se considerar colocar colectores solares, aproveita para conjugar as intervenções e garantir assim total compatibilidade
entre ambas.

Janelas Eficientes

Caixilhos eficientes

Os caixilhos de elevado desempenho energético podem ser constituídos por PVC, 
alumínio com corte térmico e madeira,
podendo mesmo ser conjugados entre eles, 
nomeadamente através de PVC no exterior, e madeira no interior.

Orientação solar


Se a sua casa tiver pouca radiação solar, tenha em conta o coeficiente de transmissão 
térmica da janela (Uw), de forma
a reduzir as perdas de calor para o exterior. Se, pelo 
contrário, a sua casa tiver uma elevada exposição solar, esteja atento
ao fator solar do vidro, 
optando por soluções com valores de fator solar inferior a 0,56.

Vidros

Os vidros duplos são uma boa opção, sobretudo se tiverem uma caixa de ar de 16 mm de espessura. A utilização de gás
(argon é um dos gases utilizados), em detrimento do ar, 
permite um melhor comportamento energético. Se optar por vidros
coloridos, tenha em conta 
que devem ser temperados para evitar roturas, devido ao choque térmico. No caso de querer
também melhorar a segurança, escolha vidros laminados de segurança. Já para melhorar o isolamento sonoro opte por
vidros laminados “acústicos”.


Abertura

São muitas as soluções existentes no mercado, podendo ser de correr, batente, oscilo- batente, guilhotina, projetante, entre
outros. Opte pela que melhor se adapta às suas 
necessidades. Contudo, regra geral, as janelas de correr têm um desempenho
inferior por 
terem maior permeabilidade ao ar do que as janelas de batente.

Escolha uma empresa CLASSE+
Opte sempre por uma empresa aderente ao CLASSE+. Só estas podem emitir etiquetas  energéticas CLASSE+.

Esta etiqueta é fundamental para fazer a melhor escolha de janelas, porque permite comparar a eficiência energética de
alguns dos elementos mais importantes da sua 
construção:

No caso das janelas, a etiqueta informa sobre o desempenho energético entre produtos do mesmo tipo, permitindo comparar
e reconhecer rapidamente as melhores 
soluções. Janelas mais eficientes significam maior poupança energética, melhor
insonorização 
acústica e maior isolamento térmico. Assim, a substituição das suas janelas antigas por novas janelas eficientes
de ‘Classe A+’ permite-lhe poupar energia, reduzir a fatura de energia e ter 
mais conforto em sua casa.